Location: Places >> South America >> Brazil >> Rio de Janeiro State >> Rio de Janeiro City >> RIO - People >> RIO Language Exchange
Flagged Group Posts

Here are the messages the group moderator thinks are most important. When don't have time to read every post, read these! PLEASE NOTE: The following posts are probably from entirely different threads and are not necessarily related.


Marcio C Galvao  
SLEM - Special Language Exchange Meeting - Como Fazer?
Posted April 25th, 2010 - 4:29 pm by Marcio C Galvao from Rio de Janeiro, Brazil (Permalink)
SLEM - Special Language Exchange Meeting - Como Fazer?
======================================================

Prezados

As guidelines deste grupo precisam ser atualizadas, farei isso assim que puder. Por hora, seguem algumas "dicas" e questões que devem ser consideradas pelos interessados em organizar encontros para troca de idiomas. :-)

Há muitas pessoas interessadas em estudar idiomas, mas não estão sendo organizados muitos encontros para este propósito. Enviar um post notificando o interesse ("meu nome é XYZ, eu falo português, estou interessado em aprender alemão, etc") é um passo necessário, mas não é suficente - para passar da intenção para a ação, um passo muito importante é criar um evento para formalizar o encontro, e, com a devida antecedência, publicar um post sobre o evento criado no subgrupo RIO LANGUAGE EXCHANGE MEEGING. A partir daí, os interessados podem ser juntar (join) ao evento.

Local e data do encontro ?

Como o próprio nome diz, um "Language Exchange Meeting" é, antes de tudo, um "meeting" - é preciso sugerir um local e um horário para as pessoas se encontrarem, como em qualquer outro meeting (há outras formas possíveis de "language exchange" como uso do skype e etc, mas aqui estou me referindo aos encontros presenciais, que representam melhor a proposta original deste grupo, tal como concebido pelo seu criador, o Laurent Juillard).

Quais idiomas serão estudados ?

Para que o evento possa ser criado, é preciso sugerir quais idiomas serão estudados neste encontro em particular, por exemplo, "francês e português", ou "inglês e espanhol", etc. Assim, os interessados nestes idiomas poderão se juntar (join) ao evento.

Quantos participantes ?

Quanto ao total de participantes, isso vai depender do local escolhido. De qualquer forma, com base na experiência obtida em vários encontros já organizados, recomenda-se um mínimo de 4 e um máximo de 12 pessoas (mais do que isso o encontro tende a virar festa, com muita socialização e pouco estudo, o que não é ruim, mas não é o objetivo *deste* tipo de encontro...).

Considerando um encontro para troca de apenas dois idiomas (*), deve-se procurar uma quantidade equilibrada de participantes nativos (ou fluentes) nos idiomas que se pretende estudar. Por exemplo, em um encontro para troca de português por francês que tenha 9 pessoas, podem ir 5 brasileiros e 4 franceses, ou 4 brasileiros e 5 franceses, mas se forem 7 brasileiros e 2 franceses a dinâmica não será boa - o ideal mesmo é ter a mesma quantidade de pessoas nativas ou fluentes em cada idioma, ou um número próximo disso.

(*) É possível organizar encontros para estudo de mais de dois idiomas ao mesmo tempo, embora isso seja um pouco mais complicado de fazer. Além de equilibrar o número de pessoas interessadas em ensinar e aprender cada idioma, é preciso considerar também que nem todos estão no mesmo nível de aprendizado (iniciantes, intermediários, avançados).

Qual é a metodologia sugerida ?

Quanto ao programa e formato do encontro, isto depende da criatividade de quem publicar o post e organizar o meeting, e também do que for combinado entre os participantes. Porém, para não frustrar expectativas, é recomendável que se combine previamente o que será feito durante o encontro. Pode-se organizar um encontro apenas para conversar (praticar conversação), para estudar gramática de modo geral ou algum tópico mais específico (por exemplo, qual é a diferença entre a conjugação de verbos no modo subjuntivo em português e em francês ?), para ver filmes com legendas, ouvir músicas, praticar leitura, conversar sobre temas culturais, cantar (!!), cozinhar (!!) receitas escritas em outros idiomas, ou uma mistura de tudo isso. Quanto ao material de apoio, podem ser usados livros de gramática, revistas, jornais, dicionários, filmes, websites, músicas ou qualquer outro material ou fonte de conteúdo que os participantes desejem utilizar.

Está confirmado ou não ? Como chegar lá ?

Depois que o evento for criado e que o número mínimo de participantes tiver confirmado presença (fazendo "join" no evento), é uma boa prática enviar e-mails para as pessoas que confirmaram a sua participação. Isso deve ser feito pela pessoa que criou o encontro, ou por alguém que queira ajudar na organização. Se o encontro for na casa de alguém, o dono da casa deve informar em mensagens privadas o seu endereço, telefone e dicas sobre como se pode chegar lá (google maps, linhas de ônibus, metrô, etc). Se o encontro for em um local público, como um bar, por exemplo, convém fazer reserva com antecedência, para que haja lugar para todos. Em qualquer caso, em consideração ao organizador do encontro e aos demais participantes, é importante respeitar os horários combinados.

Feedback e agradecimentos

Após a realização do encontro, também é uma boa prática que todos os que participaram enviem seusfeedbacks (o que deu certo, o que não deu certo, em benefício da organização de eventos futuros). Convém *agradecer* ao organizador e aos demais participantes, afinal, todos cederam parte de seu tempo para aprender e para ensinar.

Quem é o responsável por organizar estes encontros de trocas de idiomas ?

Resposta: Você! :-)

Quero dizer, não há ninguém que seja *a pessoa responsável por criar eventos para estudos de idiomas*. Se todos ficarem esperando que outra pessoa faça isso, não haverá encontros - todos os interessados neste tipo de intercâmbio cultural podem e devem criar e organizar estes eventos. Nada impede que duas ou três pessoas ajudem na organização, mas enfim, o importante é ter em mente que o SLEM é um meeting, tem objetivos mais bem definidos, mas precisa de um lugar, um horário e participantes comprometidos com o seu sucesso. A idéia é que todos se divirtam e aprendam ao mesmo tempo. :-)

Para concluir, gostaria de recomendar a leitura do artigo de Rachel Smith sobre eventos organizados por couchsurfers para troca de conhecimentos (ensinar, aprender, compartilhar). Há uma referência para o "Weekly Dutch lessons" e outras iniciativas interessantes em vários locais do mundo. :-)

http://www.couchsurfing.org/channel_read.html?gid=13347&post=4739470

Abraços para todos
Marcio

PS - Alguém é voluntário para traduzir este post, ou pelo menos parte dele, para o francês, espanhol e/ ou inglês ? A comunidade agradece. :-)

Marcio C Galvao  
SLEM - Special Language Exchange Meeting – How To Start One?
Posted January 6th, 2011 - 1:56 pm by Marcio C Galvao from Rio de Janeiro, Brazil (Permalink)
Dear All,

Following are some tips and considerations that should be taken into account by those interested in organizing language exchange meetings. :-)

Many people are interested in studying languages, but not many meetings are being organized for this purpose. Send a post indicating your interest ("My name is XYZ, I speak Portuguese and am interested in learning German, etc.") is necessary, but not enough - to go from intention to action, a very important step is creating an event to formalize the meeting and, with due advance notice, publishing a post on the event created in the RIO LANGUAGE EXCHANGE MEETING subgroup. From there, those interested may join the event.

Meeting location and date?

As its name indicates, a "language exchange meeting" is, above all, a meeting - you need to suggest a location and time for people to meet, as in any other meeting (there are various ways to "language exchange", such as using Skype, etc., but here I refer to in-person meetings, which best represent the original proposal of this group as conceived by its creator, Laurent Juillard).

What languages will be studied?

So that the event can be created, you need to suggest which languages will be studied at the meeting - for example, French and Portuguese, or English and Spanish, etc. This way those interested in these languages can join the event.

How many participants?

As for the total number of participants, that depends on the location selected. Regardless, based on experiences from various past meetings, a minimum of 4 and a maximum of 12 is recommended (more than that and the meeting tends to become a party, with more socializing than studying, which is not bad, but it's not the point of *this* type of meeting...).

Considering a meeting for exchanging only two languages (*), you should look for a balanced number of native (or fluent) participants in the languages to be studied. For example, in a meeting to exchange Portuguese for French that has 9 people, 5 Brazilians and 4 French people should attend, or 4 Brazilians and 5 French people. However, if there are 7 Brazilians and 2 French people, the dynamic will not be ideal - the best would be to have the same number of native or fluent people for each language, or a number near it.

(*) You can organize meetings to study more than two languages at the same time, although this is a little more complicated. Aside from balancing the number of people interested in learning and teaching each language, you need to also consider that not everyone is at the same learning level (beginner, intermediate, advanced).

Which methodology is recommended?

As to the meeting program and format, this depends on the creativity of the person who publishes the post and organizes the meeting, as well as what is agreed upon between the participants. However, so as not to frustrate expectations, you should agree what will take place during the meeting in advance. You can organize a meeting for conversations only (practicing conversations), to study grammar in general or a specific topic (for example, what is the difference between verb conjugations in the subjunctive mode in Portuguese and in French?), to watch films with subtitles, to listen to music, practice reading, talk about cultural themes, sing (!!), cook (!!) recipes written in other languages, or a mix of all of these. As to the supporting materials, you can use grammar books, magazines, newspapers, dictionaries, websites, songs, or any other material or source of content that the participants want to use.

Is it confirmed or not? How do I get there?

Once the event is created and the minimum number of participants have confirmed (joined the event), it's best to send e-mails to those who confirmed their participation. This should be done by the person who created the event or by someone who wants to help organize it. If the meeting is at someone's house, the owner of the house should send the address, telephone numbers, and tips on how to get there (Google Maps, bus lines, metro, etc.) via private messsages. If the meeting is at a public location, such as a bar, it's good to make reservations in advance so that there is room for all. In any case, out of consideration for the meeting organizer and the other participants, it's important to respect the times agreed upon.

Feedback and Thanks

After the meeting, it's also a good practice for everyone who participated to send their feedback (what went right, what didn't, for the benefit of future meetings). It's also good to *thank* the organizer and the other participants, since after all everyone gave part of their time to learn and to teach.

Who is responsible for organizing these language exchange meetings?

Answer: You! :-)

I mean, no one in particular is *the person responsible for creating meetings for studying languages*. If everyone waits around for someone else to do it, there will be no meetings - everyone interested in this type of cultural exchange can and should create and organize these events. There is nothing to stop two or three people from helping to organize it, but it's important to keep in mind that SLEM is a meeting, there are better-defined objectives, but it needs a location, a time, and participants committed to its success. The idea is that everyone has fun and learns at the same time. :-)

Best to all,
Marcio
Group Moderator

Marcio C Galvao  
READ THIS
Posted November 4th, 2010 - 12:48 pm by Marcio C Galvao from Rio de Janeiro, Brazil (Permalink)
Hi everybody,

Please, don't use this forum for posting any kind of advertisement.

If you are interested in organizing language exchange meetings, please read the group guidelines, there is a little FAQ there that can be helpful.

http://www.couchsurfing.org/group.html?gid=21795&guidelines=1#1

Tks
Marcio Galvão

Katia Line
Want to learn brasilian, teach French
Posted October 11th, 2009 - 12:44 pm by Katia Line from Chachapoyas, Peru (Permalink)
My contact info : please contact me through CS

i want to learn/practice: Brasilian Portuguese

i can teach : french (native)

I've just arrived and want to meet people to do lots of things, learn portuguese...
I live in Catete. I wait for your message !