• Good morning,

    We, my wife and I, might have the opportunity to study, live, work, perhaps in Fukui or Northern, Japan at the end of the year. We live N.E Brazil. We dont speak Japnese and know little about Japan.
    Our questions are:
    What is the cost of living, for example apt, food, transport ?
    Any work ? for native English speakers ?
    Anyone thinking of visiting the N.E coast of Brazil ?

    Any information would be most appreciated, thank you,
    Walter, Bruna
    Private_message
    ok, we'll take it into consideration.
    Private_message
    You can survive in Sapporo with only English... barely. I lived in Hokkaido for two and a half years and arrived with minimal Japanese. Life was pretty rough until I picked it up, and eating out was almost impossible (most menus are kanji only, no pictures unless you want to eat McDonalds or some chain "family restaurant" every day).

    Even WITH Japanese... I'll never forget my first trip to Sapporo (I was living five hours NE of Sapporo at the time), and getting lost in a snowstorm. I spotted a Japanese salaryman and asked, "すみません!駅はどこですか?" (Excuse me! Where is the station?) to which the man glared at me and said, "英語わかりません!" (I don't know English!). My Tokyo friends still don't believe this story!
    Private_message
    Thank you for the detailed response; it is appreciated.
    This will help with the final decision.
    Private_message
    Sorry I have moved to London. So sorry.
    Private_message
    Oi Walter, sou do Rio de Janeiro, com um pézinho no Recife, moro no Japão há sete anos. Se tiverem mais dúvidas, escrevam mensagens diretas.

    Abraços.
    Private_message
    Walter, a história do Jeff é comum, sim, mas situações mais confortáveis são mais comuns ainda. Aliás, não sei porque os amigos dele de Tokyo se espantam com essa história já que eu passei por ela inúmeras vezes aqui, por exemplo, na China e até em Macau onde um taxista me pôs para fora do táxi porque eu mostrei para ele um mapa da cidade em português (todas as ruas têm nome em português em Macau com placas) e ele disse: Sorry, no English!
    Então, é uma situação comum na Ásia. O inglês não é a língua oficial do Japão e, apesar da gente achar que o mundo todo fala inglês, esta é uma imagem bem elitista, corroborada pelos anglofalantes que, eles sim, mal falam qualquer outra língua que não a deles próprios. Então, sim, recomendo que, se possível, você tente aprender um pouco de japonês antes de vir e que siga seus estudos aqui se for permitido. Assim, você será mais independente e mais valorizado como pesquisador.

    Sobre a vida em Hokkaido ou em Fukui, algumas recordações mais importantes, em especial, sobre a vida cotidiana. São regiões muito frias, em especial a ilha de Hokkaido.

    Sobre os custos de vida, o Patrick falou bem. Aulas de inglês também são comuns e, não sei em Hokkaido, mas tenho visto um aumento de interesse por aulas de português. Bruna me pareceu ser brasileira, se ela conseguir trabalhar, seria bem-vindo. (Depende da bolsa mas, em geral, cônjuge de bolsista não pode ter atividade remunerada.)

    Sobre viver no interior, depende muito das expectativas de vocês. Se vocês forem da balada, da vida noturna, pode ser muito chato. Se tiverem dispostos a diminuir o ritmo, podem gostar muito. O custo de vida, apesar do Patrick dizer ter sentido pouca diferença, ele existe. O aluguel é bem mais barato.
    Private_message
    Valeu cara ! abs desde RN

    Thank you .

    Many detailed responses, thank all of you for your time and thought.
    Private_message
    Walter, if you need some more information, please send me a message. Enjoy Natal! All the best.

    It looks like you're posting an email address or phone number. To protect your privacy, don't post any personal contact information here.

  • It looks like you're posting an email address or phone number. To protect your privacy, don't post any personal contact information here.